158 postos da Ilha são acionados por aumento abusivo no preço do combustível

O Ministério Público do Estado e a Defensoria Pública do Maranhão entraram com Ações Civis Públicas contra 158 postos de combustíveis da Ilha

Após supostos aumentos abusivos no valor dos combustíveis ocorridos na Grande Ilha de São Luís, entre 29 de dezembro de 2020 e 1º de abril de 2021, o Ministério Público do Estado e a Defensoria Pública do Maranhão entraram na Justiça com Ações Civis Públicas contra 158 postos de combustíveis da Ilha.

Ao todo, foram 22 ações ajuizadas na Vara de Interesse Difusos e Coletivos. Os dados dos supostos aumentos foram coletados no relatório encaminhado pela Assembleia Legislativa do Maranhão, por meio da CPI dos Combustíveis.

Nas ações, a Defensoria e do Ministério Público pedem que as empresas que aumentaram abusivamente o preço do combustível sejam condenadas a pagar indenização por dano moral coletivo

O relatório apontou as seguintes irregularidades: Repasse aos consumidores de aumento superior ao percentual de aumento da refinaria; Aumento do preço do combustível na mesma data de comunicação do reajuste, antes da renovação de estoque, e preços iguais em postos por corredor e região nos mesmos horários.
.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s