Vereador Batista Matos, que faleceu em março deste ano, ganha nome de logradouro no bairro da Alemenha

Antes de atuar na vida política, ele trabalhou nos jornais “O Estado do Maranhão”, “O Imparcial” e nas emissoras de rádio FM Esperança e Mirante AM

Aprovado Projeto de Lei 205/21, que nomeia como ‘Praça da Família João Batista Matos’ o logradouro público do bairro Alemanha, em homenagem ao ex-vereador Batista Matos, que morreu em março deste ano, por complicações da Covid-19.

O vereador João Batista Matos (Patriota), de 46 anos, atuava naquele bairro onde também residiu. Era vereador e vice-líder do governo municipal na Câmara de São Luís. João Batista Matos era natural de São Luís e era formado em Rádio e TV pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Antes de atuar na vida política, ele trabalhou nos jornais “O Estado do Maranhão”, “O Imparcial” e nas emissoras de rádio FM Esperança e Mirante AM.

O vereador ludovicense João Batista Matos ingressou na vida política no ano de 2004, quando disputou pela primeira vez uma vaga na Câmara Municipal de São Luís. Ele ainda disputou mais quatro eleições nos anos de 2008, 2012, 2016 e 2020, ocupando cargos de suplência que lhe garantiram o exercício do mandato em algumas ocasiões. Mas, foi somente no ano de 2020 que João Batista foi eleito pela primeira vez ao cargo de vereador da capital maranhense.

PL´s aprovadas

Domingos Paz (Podemos) também teve um projeto de lei aprovado durante sessão ordinária desta terça-feira, 14. O PL 275/21, que institui o Dia Municipal da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em São Luís (IADESL).

Mais dois projetos de lei, de autoria do Coletivo Nós (PT), foram aprovados. O PL 288/21, que inclui no calendário do município de São Luís o dia 21 de outubro como o Dia Municipal da Alimentação Escolar. E, o PL 289/21, que cria o Dia Municipal da Merendeira Escolar, a ser comemorado no dia 30 de outubro.

Durante sessão realizada na última segunda-feira, 13, dois projetos de lei foram aprovados, ambos de autoria da vereadora Concita Pinto (PCdoB). O PL 189/21 trata sobre o atendimento de urgência e emergência nos hospitais particulares de São Luís. Já o PL 038/21 estabelece a obrigatoriedade, nas redes pública e particular de educação municipal, de investigar e acompanhar crianças e adolescentes que apresentem atitudes características de vivência de violência doméstica. (informações: Agência Câmara)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s